Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

BPN - Alguns Protagonistas

Desde a sua fundação, que os orgãos sociais do BPN, se constituiram no regaço onde se acoitavam ministros e secretários-de-estado acabadinhos de sair do Governo. E não precisavam de fazer muito, o importante era mecher os cordelinhos das suas influências para angariar, pela via mais da habilidade do que da legalidade, negócios que a todos depois permitiam locupletarem-se com umas massas,  ainda por cima pagas com dinheiro vivo, por baixo ou por cima da mesa, mas de qq modo limpinhas de impostos.E aquilo era toda a gente a sacar. Começava nos administradores, passava para alguns directores e  nesmo gerentes. Era aproveitar enquanto dava.

 

E o que é caricato, é esses tais administradoresa - é de administradores que estamos a falar, pois administradpores são os que administram, são os que estão no topo da pirâmide hierárquica e decisória - dizerem que nada sabiam. É confrangedor:  como se fossem pessoas sem expetriência nem conhecimentos,  destituídas de capacidade de raciocínio e de  personalidade própria.

 

Para se perceber, quão inverosínil é esta tentativa de fugir com o rabo à seringa, basta citar (de memória) alguns nomes que passaram pelos diversos orgãos sociais do referido Banco:

 

- Oliveira e Costa, ex Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais;

- Dias Loureiro, ex Ministro da Administração Interna, ex-Secretário Geral do PSD, ex Deputado, ex-Governador Civil de Coimbra, actual Conselheiro de Estado e Presidente do Conselho Fiscal da Fundação Champalimaud;

- Daniel Sanches, ex -Ministro da Ad, Interna;

- Eduardo Catroga, ex-Ministro da Finanças;

- Arlindo de Carvalho, ex-Ministro da Saúde;-

- Rui Machete, ex-Vice-Primeiro Ministro e ex- Ministro do Comércio.

 

Estes são nomes que consegui reter na minha memória. Mas já temos aqui, aproximadamente, metade do que seria um "bom Governo do PSD". A outra metade, que não recordo, também por lá deve ter passado. 

 

É provável que o Banco de Portugal não esteja isento de responsabilidades em todas estas tropelias. Mas antes de se punir a negligência do polícia, é necessário condenar os ladrões.

 

publicado por casadasagras às 22:29
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. O que diz Passos Coelho?

. Ressuscitado? ainda não! ...

. Um laivo de dignidade.

. Novos Orgãos Autárquicos

. Curiosidades

. Eleições Autárquicas

. Autárquicas 2013

. Sócrates não desiludiu.

. Novidades Muitas

. Foi muito importante o c...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. As gorduras, sempre as go...

. Um Exemplo de Coerência

. Opções Erradas

. O MONSTRO

. Contradições

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds